Histórico
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 14/10/2007 a 20/10/2007
- 17/06/2007 a 23/06/2007
- 27/05/2007 a 02/06/2007
- 11/03/2007 a 17/03/2007
- 31/12/2006 a 06/01/2007
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 08/10/2006 a 14/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 27/08/2006 a 02/09/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006



Sites Preferidos

Amor em links
- Meu flog de Dança I
- Meu flog de Dança II
- Meu flog de Dança III
- Meu flog de Dança IV
- Meu flog de Dança V
- Meu flog de Dança VI
- Isabel Coimbra
- Dança nas ALturas
- Dança pelas Nações
- Ceceu Kigshill
- Dança Brasil
- Vida Nova Music
- Space Ceceu
- Cia Lion
- KIT NET
- E A
- Dani Greco
- Space DANCA DO CEU
- ARTMISSIONS
- Renascer
- Sal da Terra
- Observatório de Dança
- Byla Danca - Salvador
- Harpa e Tamborim


Votação

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Template

> Blog do Wagner <






LOUVOR

1- Qual o significado de louvor?

O louvor no Antigo Testamento é basicamente definido por três palavras:

- Barak (bendizer)

- Yadah (dar graças)

- Balal (aleluia – louvai ao Senhor)

2- A quem então devemos louvar?

· Somente ao Senhor nosso Deus

· Não devemos louvar-nos a nós mesmos (2 Coríntios 10:12)

3- Porque devemos louvar?

· Porque Deus é bom (1 Crônicas 16:34)

· Para exaltar o poder de Deus (Salmo 21:13; Salmo 103:1-5)

· Para que os demônios saiam (1 Samuel 16:22-23)

· Para se fazerem conhecidas as obras de Deus (Salmo 105:1-3)

· Para nos apresentarmos ao Senhor (Salmo 100:4)

· Porque Deus habita nos louvores (Salmo 22:3)

4- O que acontece quando louvamos?

· O inferno estremece e os demônios se abalam (1Samuel 16:22-23)

· Nosso coração se enche de alegria (Salmo 100:1-2)

5- Como devemos louvar?

· Voluntariamente (Juízes 5:2)

· Com instrumentos e cânticos (Salmo 33)

· Com palmas e voz de triunfo (Salmo 47:1)

· Louvai com danças (Salmo 150:4)

· Em Ações de Graças (Salmo 147:7)

· Com sacrifícios, que é o fruto dos lábios que confessam o seu nome (Hebreus 13:15)

· No seu santuário (Salmo 150)

· De todo o meu coração (Salmo 9:1-2)

6- Quando devemos louvar?

· A todo tempo (Salmo 34:1)

7- Quem deve louvar?

· Eu e você (Salmo 71:22)

· Os anjos (Salmo 148:2)

· Os astros celestes (Salmo 148:3)

· Tudo o que vive (Salmo 150:6)

8- E se eu e você não quisermos louvar?

As pedras clamarão em nosso lugar (Lucas 19:36-40)

../estudos/estudosbiblicos.htm../estudos/estudosbiblicos.htm



- Postado por: ennylla às 10h46
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




DE CORAÇÃO
Leitura Bíblica: 1 Tessalonicenses 2:1-6

"nem buscamos reconhecimento humano, quer de vocês quer de outros" (1Ts 2.6)

 O coração do homem é confuso. Ora ama, ora odeia. Ora produz ações nobres, ora se agrada, ora se desagrada e se contradiz. A corrupção não está apenas na política, está dentro de cada um de nós também. Jeremias disse " o coração do homem é desesperadamente corrupto". Ah, mas o meu não é assim! - diria você....Será?!

Nossas ações,aparentemente mais belas, podem ser motivadas por necessidade de aceitação, por inveja, por medo de não sermos notados ou por desejo de reconhecimento. Nada de tão grave nisso, mas longe de serem intenções puras e totalmente desinteressadas. A igreja dos tessalonicenses havia sido fundada por Paulo, o apóstolo. E ao lhe escrever, ele lhes fala do quanto tudo o que fez foi realmente com o desejo de servir, abençoar e alegrar aquela comunidade cristã que estava nascendo. Paulo deu puxões de orelha quando preciso, foi franco, não bajulou ninguém, nem se aproveitou de seu status para conseguir algum benefício material. fez tudo o que fez por eles apenas por amor, sem esperar nada em troca. Você já agiu assim? E não foi bom?! Fazer o bem para alguém sem que a pessoa sequer saiba que foi beneficiada por você! Já não fizeram isso com você?! Certamente que sim, mas mesmo que não, você tem hoje a oportunidade de fazer isso com alguém, à semelhança do que Deus faz por cada um de nós.

Recebemos vida, sol, chuva, possibilidades, capacidades que simplesmente nos são dadas  por ele independentemente de quem sejamos ou do que façamos. E o que fazemos com elas?! Deus nos ama incondicionalmente. Ele vai continuar dando vida a você. Todavia, sua vida será ainda melhor na medida em que estiver próxima dele e das pessoas que podem ser tocadas com atitudes sinceras do coração e descubra a alegria de servir a outras pessoas sem realmente esperar nada - nada - em troca. Deus verá isso! - WMJ

Experimente demosntrar atitudes de amor anônimas e desinteressadas hoje. Você vai gostar do resultado.

Extraído do livro Pão Diário



- Postado por: ennylla às 02h20
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




 

MOSTRA DE TALENTOS - BALLET MAIANA SAMPAIO - SALVADOR



- Postado por: ennylla às 23h57
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________






- Postado por: ennylla às 08h37
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




 

 

ESCOLA DE BALLET EVANGÉLICA

 

EM SALVADOR/BAHIA

 

 

O Ballet Maiana Sampaio é uma escola de dança evengélica com prifissionais de alto nível!

 

 

Cursos: BALLET, JAZZ, SAPATEADO, TEATRO E MTO MAIS!

 

 

Se vc conhece algum aluno da escola, peça-o para indicá-lo

 

 

 e vc ganhará um SUPER DESCONTO

 

 

 

e pagará pelo BALLET apenas R$60,00 por mês.

 

 

 

 

MAIORES INFORMAÇÕES NO BALLET MAIANA SAMPAIO

 

 

TEL. 33461415

 

 

 

EU, VC E TODOS ADORADORES LÁ!!!!!!!

 



- Postado por: ennylla às 20h50
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




I ENCONTRO

INTERDENOMINACIONAL DE DANÇA

DANCE PROJECT IDE

Veja fotos: http://dancadoceu.nafoto.net/

 



- Postado por: ennylla às 20h46
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




MINISTÉRIO DE DANÇA SEMEART: Lu, eu, Ana, Dailma, Faninha e Fabiane....

Dança na Igreja

A dança é um ministério de adoração que o Senhor tem levantado em algumas igrejas, mas, como é comum no meio evangélico virou “moda” e praticamente todas as igrejas dispõe de dançarinos de plantão.

Eu não sou contrário à existência da dança; creio plenamente que o Espírito de Deus tem feito uso desta forma de expressão corporal para honrar e glorificar ao Todo Poderoso. E, quando esta adoração é externada com temor e amor, o nosso Espírito alegra-se profundamente ao contemplá-la.

A infidelidade, incredulidade e a conseqüente falta de santidade de muitos povos (igrejas), impossibilitam o mover do Espírito Santo, resultando em cultos desprovidos da verdadeira unção que alimenta a alma. Para saírem desta situação, lançam mão, copiando, toda sorte de movimento. Esquecem que é o Espírito de Deus que derrama o óleo e estas práticas desprovidas de unção, são inconsistentes, sem valor diante de Deus.

Amados líderes, é preciso ouvir a voz do Espírito Santo, consultá-Lo e conhecer a Sua vontade para a igreja; não tome decisões segundo a sabedoria e ou entendimento humano. Afinal, a Igreja é do Senhor Deus que enviou o Espírito Santo a edificá-la. Se houver aprovação do Senhor quanto à existência de um ministério de dança, alguns pontos devem ser observados pelos que serão ungidos.

1- Amor a Deus:

“Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento”. Mt 22.37

A nossa condição de servos obriga-nos a sermos desprovidos de vontade própria e sujeitos ao domínio integral do Senhor Deus. Isto significa: Primeiro à vontade de Deus e em segundo plano e em conformidade com os princípios divinos, o nosso querer.
Esta condição é tão real, que o próprio Jesus, quando homem, submeteu-se por completo aos desígnios do Pai, a direção de Sua vida não estava mais sob seu controle.
Ele disse: “Pai, se queres, afasta de mim este cálice de sofrimento! Porém que não seja feito o que eu quero, mas o que tu queres”.
(Lc 22.42)
Esta sujeição incondicional era fruto do grande amor do Senhor Jesus, primeiro para com o Todo Poderoso e também pela humanidade que caminha a passos largos em direção à perdição eterna.

2- Temor a Deus: Coração sábio.

“Para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o SENHOR. Ele dá compreensão aos que obedecem aos seus mandamentos. Que o SENHOR seja louvado para sempre!” (Sl 111.10)

Temor a Deus significa que devemos possuir sentimento de reverencia e respeito, ao contrário do que pensam alguns, ao associar temor a medo. É inconcebível que vidas impuras, desprovidas de santidade possam tomar lugar no desempenho da obra do Senhor. A falta do temor abre brechas através das quais, o maligno infiltra-se e as obras da carne ganham espaço. As pessoas que deveriam ser adoradores tornam-se em “dançarinos”, ávidos pelos elogios, sentem prazer quando são glorificados por fazerem bem as coreografias.
... Como é que vocês podem crer, se aceitam ser elogiados pelos outros e não tentam conseguir os elogios que somente o único Deus pode dar?... Se eu elogiasse a mim mesmo, os meus elogios não valeriam nada. Quem me elogia é o meu Pai...” (Jo 5.41,44;8.54)
Movido pelo amor e temor, Jesus despiu-se da glória celeste, colocando-se apenas como instrumento nas mãos de Deus, para ser útil ao Reino, Ele dispensou os elogios, veja: “Eu não procuro ser elogiado pelas pessoas” (Jo 5.41)

3- Santos e Puros:

“Paulo, servo de Jesus Cristo, chamado para ser apóstolo, separado para o evangelho de Deus”. (Rm 1:1)

A exemplo de Paulo, somos chamados para fazermos a obra do Senhor Deus, em diversas áreas no Reino. Separados para a honra e glória do Senhor. Consciente desta condição é preciso que haja uma adequação da vida ao viver definido por Deus. Você foi chamado pelo Espírito Santo para integrar o ministério de dança? Louvor? Pregação da Palavra? Líder na igreja? Oh graças! És bem-aventurado!
O mandamento é: Seja Santo! A santidade nos proporciona:
-A oportunidade de comungarmos as mesmas idéias do Senhor.
-E intimidade profunda com Ele.
Quando isto é uma realidade, a nossa alegria é glorificá-Lo com os nossos atos.
Os frutos da carne: “... a imoralidade sexual, a impureza, as ações indecentes, a adoração de ídolos, as feitiçarias, as inimizades, as brigas, as ciumeiras, os acessos de raiva, a ambição egoísta, a desunião, as divisões, as invejas, as bebedeiras, as farras e outras coisas parecidas com essas”. (Gl 5.19-21) São inexistente na vida que procura ser santa e pura.

Servo leia com atenção esta mensagem, reflita sobre a tua situação com o Senhor, e jamais permita que sentimentos de orgulho, a soberba e a vaidade penetrem em teu coração, roubando o lugar que é exclusivamente do Senhor. Você é ungido a adorar através da dança? Faça isto com perfeição, com satisfação e com todas as tuas forças, para que o Senhor veja e aprove, recebendo como aroma suave a tua adoração. Não permita que a carne sobressaia e queira ouvir dos irmãos palavras afáveis; não tome a glória do Senhor para si.

Amém

Elias R. de Oliveira

Fonte: http://www.vivos.com.br/203.htm



- Postado por: ennylla às 13h26
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




 

 

Este livro ajudará você e seu ministério a fazer algo de melhor para Deus



O conteúdo desse livro irá abranger o seu conhecimento com um conteúdo rico e prático para dançar melhor em louvor e adoração ao Senhor
Nele contém :
A dança na Bíblia
Algumas dicas de estudos
A dança e a igreja
Dançando para Deus
ABC do Ballet
E muito mais...



Autoras: Vivian Lazzerini e Marta Cedra 



Maiores Informações
Fone: (11) 5183-4755
Distribuidora VPC


- Postado por: ennylla às 12h39
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




O Jazz na Adoração

Falar em dança no ambiente litúrgico ainda causa certo estranhamento em algumas pessoas. É muito mais fácil associar a dança às coisas do “mundo”, ao profano, do que às coisas de Deus. Esta “facilidade” nos transforma muitas vezes em críticos; ou ainda, em prisioneiros, e impede a manifestação de uma das mais belas formas de expressão: a dança. O fato é que tal “facilidade” não exclui a existência de uma dança consagrada ao Senhor como genuína forma de adoração, portadora de uma palavra profética independente da técnica que esteja sendo usada – Ballet Clássico, Ballet Moderno, Jazz... Todas as técnicas foram criadas por Deus “Porque dele, e por ele, e para ele são todas as coisas...” (Romanos 11:36). Deus é a origem, o meio e a finalidade de tudo.

Técnica e unção parecem temas contraditórios. Uma fusão aparentemente difícil, que na realidade tornou-se um chavão de que os crentes não são capazes de desenvolver qualidade com o compromisso assumido com Deus. Algumas técnicas de dança são duramente criticadas. Falar em Jazz, por exemplo, nos impele a uma automática associação com sensualidade. Neste caso pensar nesta técnica de dança como forma de adoração é uma possibilidade muito remota. Entretanto, o Jazz possui inúmeros atributos que fazem desta dança uma técnica importante que auxilia na formação de corpos cada vez mais ecléticos. Corpos que consagrados ao Pai tornam-se instrumentos afinados nas mãos do criador. Infelizmente tais atributos sempre caem no esquecimento, realçando unicamente a idéia de dança sensual.

Forma de expressão artística, o Jazz surgiu nos Estados Unidos e suas raízes, ditas “populares”, estão diretamente ligadas à cultura negra. Durante as viagens dos navios negreiros da África para os Estados Unidos, os negros imitavam as danças dos senhores brancos – polcas, valsas, quadrilhas, etc – de acordo com a visão que tinham da cultura européia, misturando um pouco com as danças que conheciam e utilizando instrumentos de sua cultura. Em 1740, quando os tambores foram proibidos no sul dos Estados Unidos para evitar insurreições, os negros foram obrigados a improvisar para perpetuar seus costumes, dançando ao som de palmas, sapateados e do banjo. No século XIX as danças afro-americanas começaram a entrar para os salões e a sofrer novas influências. Logo esta dança, considerada agora de negros e de brancos, tomou conta dos palcos influenciando decisivamente na Comédia Musical, que nada mais era do que os primeiros passos do que hoje se conhece como Jazz.

De acordo com dicionário Aurélio (1999), “técnica” significa a “maneira, jeito ou habilidade especial de executar ou fazer algo”. As diferentes técnicas do Jazz demonstram que muitos princípios foram herdados do Ballet Clássico e da Dança Moderna, alcançando um alto nível técnico aliado ao raciocínio rápido, garra, força, precisão de movimentos e forte expressão corporal. A técnica de Jack Cole, por exemplo – um dos primeiros a fundir as técnicas da Dança Moderna aos movimentos “populares” do Jazz – trabalha com pliés profundos, explosão de movimentos, isolamento das partes do corpo, deslizes em trabalho de solo... Ou seja, características marcantes mantidas até hoje no Jazz.

Estas são algumas das numerosas características que compõem os diferentes métodos de fundamentação técnica desta forma de dança. São fatores de suma importância trabalhados de forma incansável durante as aulas com o objetivo de se alcançar a qualidade de movimento. Técnica é sinônimo de conhecimento. Com conhecimento podemos aumentar o nosso vocabulário corporal e dançar de maneira cada vez melhor, não para agradar a homens, mas para oferecer a excelência ao Pai...

É comum ouvir-se falar ainda sobre o movimento dos quadris. Talvez o quadril seja foco de sensualidade principalmente para nós, de sangue latino. Mas gostaria de chamar a atenção de que, antes de mais nada, o quadril é uma das partes que compõem o corpo humano – criação minuciosamente realizada por Deus. A estabilidade e a força da musculatura do quadril são imprescindíveis para que possamos nos manter em pé e andar. Em segundo lugar o problema não está em movimentar o quadril; o problema está na forma como se movimenta esse quadril. Cabe a mim e a você movimentá-lo de maneira santa ou não. Se a questão for sensualidade, qualquer parte do corpo pode ser sensual: os braços, as pernas, a cabeça... Ou até mesmo um simples olhar. O fato é que a sensualidade é o reflexo daquilo que está no interior do homem. Em Lucas 6:45 está escrito: “... a boca fala do que está cheio o coração”.

Para os que adoram ao Senhor com danças, o corpo é quem fala! Se o nosso coração for um coração quebrantado, que se enche da Palavra e possui um imenso desejo de adorar ao Pai, seremos canais para que o sobrenatural de Deus se manifeste através de uma dança verdadeiramente profética. Caso contrário seja qual for a dança, independente da técnica, não será adoração. Será espetáculo.

Não quero trazer valores seculares para a esfera eclesiástica. Cremos que o que é realizado no mundo, e pelo mundo, é um produto distorcido daquilo que Deus estabeleceu para mim e para você na Palavra. Mas não podemos nos deixar aprisionar por conceitos ou preconceitos equivocados. Deus nos deu dons. Cabe a nós desenvolvê-los e devolvê-los ao Senhor com qualidade. Ele quer nos encher do Espírito de Deus, de habilidade, de inteligência e de conhecimento para que façamos tudo com excelência. Não podemos desperdiçar a ciência que o Pai tem nos ofertado. Portanto, deixemos o corpo ser verdadeiramente templo do Espírito Santo! E que um forte mover nos leve de maneira muito peculiar à presença do Pai.



- Postado por: ennylla às 12h25
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________






- Postado por: ennylla às 10h52
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




CURSO DE TÉCNICA DANÇA CONTEMPORÂNEA, BALLET E DANÇA MODERNA

PARA ADORADORES!!!

 (PRORROGADO APROVEITE!!!!!!!!)

Com a professora.Luciana Tude

Quando? Todos os sábados das 10.30 as 12hs

Valo R$R$60,00

Onde? Espaço Byla Dança - end. rua Manuel Suarez. -n 25 - atrás do posto Ipiranga e ao lado do clube da Petrobrás.  Stella Mares Salvador-Bahia

Maiores Informações: tel 33743199 ou pelo e-mail: lutude@gmail.com

Cada participante terá que ter um caderno de anotações para registrar os exercícios e as aulas para usar no futuro.

O propósito da profa. Luciana é passar para o povo de Deus as informações técnicas que eu estudou durante anos na faculdade de dança!

NÃO PERCA ESSA OPORTUNIDADE !!!!



- Postado por: ennylla às 11h11
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




A RESPIRAÇÃO NA DANÇA

No início do século passado o ator francês François Del Sarte criava uma série de conceitos baseados na observação da gestualidade humana que influenciariam de maneira decisiva a concepção da dança moderna. Foi a americana Martha Graham quem absorveu e codifcou de maneira mais sistemática e efetiva os princípios da respiração correta salientados pelo delsartismo. A professora Penha de Souza, especialista na técnica Graham, não hestia em afirmar que "enquanto técnica, Graham é basicamente respiração". Os princípios de concentração e relaxamento, assim como os movimentos de contração e expansão, são diretamente vinculados ao trabalho respiratório. E, independentemente da técnica utilizada, observa que a respiração influencia sempre na movimentação. O coreógrafo Brenno Mascarenhas que usa jazz desenvolvendo um trabalho de pesquisa de energia, e a própria Penha são unânimes em admitir que "a respiração incorreta possibilita um número menor de movimentos além de provocar uma ruptura na seqüência de harmonia da dança".

E mesmo no balé clássico a aplicação correta da respiração pode colaborar efetivamente para o trabalho, como explica a professora Sylvie Lagache, que ministra aulas de consciência pela dança e balé clássico seguindo um método particular. "Cada vez que se abre os braços é importante inspirar e ao fecha-los expirar, assim a coordenação fica mais clara, o que ajuda a entender o movimento." Este é apenas um dos exemplos. A respiração deficiente provoca, completa Benno, "uma queda substancial na qualidade da dança. O desgaste do bailarino torna-se maior porque os músculos ficam tensionados e o equilíbrio e a sustentação do corpo são prejudicados".

Para evitar vícios, este aprendizado deve se iniciar desde cedo. Brenno e Penha consideram importante acrescentar aulas práticas para crianças a partir dos 9 anos, explicações teóricas sobre a importância de respirar corretamente. A partir desta conscientização é possível melhorar a liberação de energia sem tensionar os músculos.

Além das Artes Marcias e da Yoga, trabalhos mais recentes como o Bioenergética também se valem da importância da respiração, provando a sua atuação no aspecto psicológico e não meramente físico.

Como salienta Sylvie Lagache, antes da técnica é fundamental compreender o movimento. De dento para fora. Sem separar o corpo da mente. A respiração consciente é essencial neste processo. O ideal é deixá-la fluir sem suspende-la ou bloqueá-la para que se tenha não somente uma substancial melhora na qualidade da dança e dos demais exercícios físicos, como também na qualidade de vida.


Fonte: Revista Dançar - N° 24



- Postado por: ennylla às 17h02
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Totalmente teu, Jesus!

III Congresso de Louvor e Adoração

 Escola Estadual Alberto Santos Dumont
Rua 8 de novembro, Final de Linha da Rua Velha
Pirajá, Salvador/BA .

 OFICINAS

Música  : "O papel da música na adoração"
(Edvã  Barbosa- I.B. em Amaralina)

Dança : "Dança : unção, ministração e libertação"
(Renata Lima- PIB em Pirajá)

 INVESTIMENTO

1 kg de alimento não perecível .

 CONTATO

 Tel:3239-2870 (Pessoa responsável - Denise)
OU ministeriodecoreografia@gmail.com



- Postado por: ennylla às 14h43
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




 ADORAÇÃO COM DANÇAS 2006

Tema: Eu Faço parte da Geração que dança..e profetiza!

Preletores -Pr.Oziel e Gisela Matos (Dança pelas Nações - MG)

Rogério Lopes(Dança pelas Nações - RS)

Miss.Robson Miranda(Min.de Artes(Adonart)Jocum - Ba)

Local - Primeira Igreja Batista em Pernambués

Salvador- Bahia

Data 29, 30/09 e 01/10/2006

Valor R$10,00 (dez reais)

Tel .71- 34604215 /34502922(Jane)/ Secretaria do Congresso-34504487(Edlene)

MAIORES INFORMAÇÕES via email (janildes@yahoo.com.br)

 



- Postado por: ennylla às 13h37
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




 

MOVIMENTO LITÚRGICO

 

Então formou o Senhor Deus ao homem do pó da terra e lhe SOPROU nas narinas o fôlego de vida, e o homem passou a ser alma vivente. (Gn 2:7)

O primeiro movimento humano começou quando Deus soprou gerando no homem VIDA!

A exemplo disso temos a respiração que é energia vital e através do movimento com diafragma ela se expressa externamente, ainda o sangue que corre em nossas veias celebrando a vida de Deus em nós a perfeita harmonia dos órgãos: bexiga, ovário, rins, cérebro, artérias, músculos, pulmão enfim, tudo em nós se movimenta celebrando o fôlego de Deus em nós.

Mas, de onde vem a palavra litúrgico? Bom, ela tem vários significados: algo que as pessoas ou povo fazem juntos, uma ação em comum, com um propósito expresso. Na religião, significa a reunião de pessoas para expressar sua fé em Jesus Cristo. No grego, liturgia quer dizer atividade do povo na adoração. Por isso, Movimento Litúrgico tenta sempre direcionar o indivíduo para viver em comunidade, em grupo, em comunhão, porque o verdadeiro louvor é feito pela pessoa ligada ao corpo de Cristo.

Pensemos a respeito do que seria o movimento litúrgico através desta pequena introdução, pensando que dança é movimento...

Breve continuaremos!!!

Em Jesus,

Aline

 

(texto extraído do livro Movimento Litúrgico da Ceceu Kigshill com pequenas alterações)

 

 



- Postado por: ennylla às 17h08
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________